Resumo da introdução do “Hacking Growth” de Sean Ellis

O livro de Sean Ellis, Hacking Growth, é a apresentação do método pelo seu próprio criador, contando experiências e insights, bem como oferecendo um guia de implementação em negócios construído na sua carreira.

Se você está interessado em adquirir o livro, baixe em PDF seguindo as instruções neste link – Download Gratuito do PDF Hacking Growth em inglês.

Aqui será disponibilizado um resumo desta primeira parte do livro, organizado na estrutura escolhida pelo próprio Sean.

Introdução

A introdução começa com experiências do autor (Sean) em empresas como a Dropbox, Uproar, e LogMeIn; e de outros Growth Hackers e times de Growth no Hotmail, Facebook, LinkedIn, entre outros.

Em todos os exemplos desse primeiro tomo são colocadas soluções nas quais os usuários são incentivados a trazerem novos usuários para a base de modo indireto ou direto. Mais para frente Sean irá dizer que não podemos apenas, contudo, ver o Growth Hacking apenas como uma forma de conseguir clientes, bem como uma estratégia para ativar consumidores e torná-los em evangelistas.

De um modo geral o Growth Hacking é descrito aqui como uma metodologia de pesquisa e prática para desenvolver rapidamente uma base de consumidores sem apelar para métodos tradicionais de marketing.

A moeda sendo grandes ideias e não unicamente grandes orçamentos. Assim, pequenas start-ups com ideias incríveis de aquisição e retenção são muito mais potentes que grandes empresas com ideias e paradigmas batidos. Não basta um bom produto. É preciso que as pessoas saibam que ele existe e o usem.

Who can become a growth hacker?

O ponto mais importante aqui é que qalquer departamento pode usar orientações baseadas no Growth Hacking. Assim como qualquer empresa é capaz de implementar um time de Growth.

As ideias centrais do método são:

  • Equipes multidisciplinares
  • Análise qualitativa e quantitativa do comportamento do usuário
  • Rápida geração e testagem de propostas com base em métricas rigorosas e não vanity metrics (métricas que não refletem dados importantes sobre performance

O método é comparado do seguinte jeito: o Growth Hacking está para a aquisição de usuários e receita assim como o Lean startup e Agile Development estão para o desenvolvimento de startups e produtos, respectivamente.

An unstoppable growth machine + Surviving Disruption

Todo Business precisa de Growth Hacking para crescer e sobreviver enquanto negócio.

Isso é ainda mais claro em tempos de internet of things e outras tecnologias que revolucionam e convulsionam o mercado.

Aqui Sean também esclarece que Growth Hacking não termina na aquisição de clientes e visitantes, bem como se preocupa com retenção e promoção orgânica, ou Word-To-Mouth.

Hoje também é importante seguir conectado com seu cliente mesmo depois da compra na medida em que muda seu foco de monetização de um ponto único no tempo (venda singular) para uma extensão à longo prazo (LTV). O que significa que te coloca em contato com um campo de orientação mais próximo do que é relevante para o planejamento das suas ações em Marketing/Desenvolvimento e estratégico de negócios.

The need for speed

Em um mercado cada vez mais rapidamente metamórfico é crucial a utilização de estratégias operativas que acelerem mais o fluxo de consumo e receita.

O que quer dizer que Growth Hacking é mais que um luxo, é uma necessidade.

Mining Data gold

Growth Hacking é uma ferramenta de aproveitamento de dados integrada.

Diferente de iniciativas organizacionais que se baseiam em Vanity Metrics e tão fragmentadas em termos de permeabilidade entre setores que grandes ideias se perdem.

The rising costs and dubious returns of traditional marketing

O marketing tradicional está em crise. Quase 2/3 dos jovens usam ad-block e os anúncios estão se tornando pouco mais que ruído branco.

Estudos recentes, inclusive, mostram baixíssima correlação entre investimento em marketing tradicional e taxa de crescimento; além do que CEOs, segundo outras pesquisas, em grande maioria não colocam valor nesse trabalho.

Growth Hacking mais do que nunca é uma alternativa necessária, aliando desenvolvimento de serviço e modelos de marketing modernos para levar clientes a se tornarem promoters/evangelists e usando hacks criativos para de modo mensurável garantir crescimento à organização. Diferente do marketing tradicional, o dinheiro nao entra em um limbo e se torna inclusive possível provar ROI (Retorno Sobre Investimento).

Myth Busting

Aqui Sean toma o cuidado de desconstruir uma série de desentendimentos que envolvem o método.

Os mitos do Growth:

  1. Growth não se trata apenas de marketing. Envolve trabalho colaborativo de profissionais de diversos segmentos do negócio, como desenvolvimento e o próprio marketing.
  2. Growth não se preocupa somente com a aquisição de clientes, bem como também como as outras etapas do funil.
  3. O core não é “burlar o sistema”. Se trata de trabalhar forte em soluções e testagens baseadas em dados.
  4. Trabalho em ritmo veloz
  5. Growth não é feito unicamente por um Growth Hacker, e idealmente é realizado por uma equipe.
  6. Não se faz Growth apenas tendo “ideias geniais” que o autor chama de silver bullets. Embora o processo envolva a criação de formas inteligentes de atingir objetivos.

Resumo Geral

Growth Hacking é uma forma inovadora de aliar desenvolvimento de produto e marketing, da fase de aquisição à evangelização de usuários, ultrapassando o marketing tradicional no que confere o retorno sobre o inventimento, validação e velocidade de resultados.

Envolve criativamente encontrar respostas para problemas e resolvê-los cooperativamente e testando propostas real-time apelando sempre para dados relevantes gerados pelos usuários de todas as etapas do funil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *