Bird Box é sobre doenças mentais? A visão da Psicologia sobre o filme

Se você é um Ser Humano que usa redes sociais você já deve ter sido bombardeado de memes e comentários sobre o mais recente lançamento da Netflix: Bird Box. Baseado no romance ós-apocalíptico de Josh Malerman, a adaptação saltou em popularidade atingindo mais de 45 milhões de visualizações em apenas uma semana.

https://twitter.com/NetflixFilm/status/1078735051406204928

Bird Box rapidamente se tornou um meme, mas também foi motivo para muitas discussões entre quem assistiu sobre qual seria o significado mais profundo do filme. Alguns estão começando a imaginar quais seriam a mensagens secretas, linkando com tópicos como racismo e redes sociais. Muitos ligados à área da saúde mental inclusive alertaram sobre possíveis disparadores que o longa trás, assim como criticaram o aspecto vilanizado dos estereótipos de pessoas com doenças mentais.

Ainda que aqui não se defenda que o filme tem um significado específico, deve ser aqui dito que existem algumas lições sobre saúde mental que tem para ser aprendidas através do filme. Tentaremos evitar qualquer tipo de spoiler além do que apresenta o trailer, mas se você pretende assistir, recomendo que você assista primeiro. Ou leia por conta e risco e então decida o melhor a fazer para seu bem estar mental.

Bird Box pode conter disparadores para desorganização psicológica para algumas pessoas

Desenvolvido pela Motion Picture Association of America (MPAA), a administração de classificações e avaliações (CARA – Classification and Ratings Administration) foi criada em 1968 com o objetivo de ajudar pais a fazer decisões informadas sobre o que permitir suas crianças assistires. A classificação aponta no filme potenciais “temas adultos, atividade adulta, linguagem dura, violência intensa ou persistente, nudez sexualmente-enviesada, abuso de drogas e outros elementos”. Ainda que a classificação possa ser minimamente útil, ela é demasiadamente vaga e falha em incluir elementos específicos que concernem a saúde mental. Um sistema programado para alertar potenciais avisos para crianças é um excelente começo, mas adultos não são imunes a serem afetados por temas disparadores. A classificação atual poderia alertar sobre eventuais disparados para temas como ansiedade, traumas, auto-mutilação e comportamento suicida.

Muitos que assistiram foram às redes para compartilhar experiências pessoais e avisos.


https://twitter.com/seraphfem/status/1077420028134330369

Doença Mental ou Saúde Mental?

Hollywood tem uma longa história de criação de estereótipos para saúde mental. Infelizmente, não é novo ver a saúde mental ser tratada errônea e superficialmente. Enquanto alguns filmes foram condecorados por descrições acuradas da saúde mental, Hollywood é notória por vilanizar a doença mental, assim como em filmes populares como “Fragmentado” e “Gothika”.

Bird Box tem recebido duras críticas por perpetuar esses estereótipos de indivíduos sofrendo com questões desse tipo, especialmente aqueles que vivem internados. Algumas mensagens implícitas poderiam ser coletadas também, como a inabilidade dos outros para enxergar o problema e a subsequente tendência a minimizar a gravidade da circunstância que envolve todo o contexto do sofrimento psíquico. Há muito a ser feito para continuar a desestigmatizar a doença mental e defender a conscientização acerca da saúde mental.

A melhor interpretação é aquela que você faz porque diz respeito a quem você é

Existe toda uma massa de pessoas na internet à procura do real significado de Bird Box. Apesar de haver a possibilidade de perguntar o próprio Malerman sobre o significado, há algo a ser dito sobre a interpretação única que cada um de nós faz do longa. Não fazemos aqui a defesa de nenhuma teoria definitiva sobre o sentido do filme em respeito as interpretações pessoais que cada um pode fazer. Um bom filme nos leva sempre a pensar. Elementos como pulos cronológicos e personagens pouco desenvolvidos podem ser a base para criticar o filme ou uma oportunidade para emergência da sua própria teoria pessoal.

A diferença de opiniões são projeções de nossas próprias perspectivas. Algumas pessoas podem experienciar disparadores que são relacionados a própria história pessoal, enquanto outras não sintam o mesmo. Algumas podem ver o filme como um retrato negativo das diferenças entre as constituições psicológicas, enquanto outras podem privilegiar os principais pontos positivos. Alguns podem considerar como uma representação do estado de coisas atual da sociedade ou sentir uma aguda identificação com a própria vida.

Sendo um reflexo de quem você é, sua reflexão é tão válida quanto qualquer outra. Dessa forma, respeitar sua própria interpretação é um bom caminho na direção de validar seus próprios sentimentos e visão de mundo. Tão simples quanto respeitar e dar valor a opinião dos outros é honrar a sua perspectiva tanto quanto.

Contudo, se o filme, assim como qualquer outro, despertar ou ativar temas que te deixam com uma sensação de mal estar, a melhor coisa e se fazer é considerar como um sinal para praticar auto-cuidado e/ou procurar ajuda de profissionais capacitados; como psicólogos e psiquiatras.

Esse post é uma versão traduzida e adaptada do artigo em inglês “Is Bird Box About Mental Health?“.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *